Todos sabemos que a saúde bucal é fundamental para a manutenção de dentes bonitos e de um sorriso mais saudável.

No entanto, dados divulgados pelo IBGE apontam que quase a metade da população brasileira não realiza a rotina de higiene bucal necessária.

Como consequência, pesquisas indicam que aproximadamente 99% dos brasileiros apresentam algum tipo de doença gengival agravada e mais de 40% dos adultos acima de 60 anos já perderam todos os dentes.

Mais do que o quesito vaidade, cumprir as orientações de limpeza bucal de forma regrada pode ajudar a evitar a perda de dentes, problemas nutricionais e o desenvolvimento de diversas doenças graves que acometem todo o nosso organismo.

Qual a importância de uma boa saúde bucal?

Como porta de entrada principal para todo o organismo, a condição dos dentes e dos tecidos bucais pode definir a qualidade da saúde geral do corpo.

Ter dentes fortes, alinhados e íntegros é indispensável para a mastigação correta dos alimentos, o que proporcionará a absorção mais satisfatória dos nutrientes e evitará doenças gastrointestinais.

Além disso, o acúmulo de microrganismos bucais pode formar placas bacterianas na superfície dentária que causa a cárie, gengivite e as periodontites – inflamação grave dos tecidos bucais.

Essas infecções podem originar a perda óssea do maxilar, a destruição dos tecidos de sustentação dos dentes, e ainda conseguem infiltrar no sistema circulatório se espalhando para todo o corpo.

Estudos apontam que essas bactérias bucais podem ser responsáveis por doenças como:

  • Problemas cardiovasculares;

  • Derrame (AVC);

  • Diabetes;

  • Propensão à pneumonia;

  • Indução do parto prematuro.

Deste modo, é perceptível que o cuidado com os dentes em conjunto com um profissional de qualidade, e um plano odontologico de confiança, pode ser primordial para garantir a sua segurança e para evitar inúmeros tipos de doenças, em todo o corpo.

Mais ainda, a periodontia pode apresentar resistência na assimilação dos remédios para o controle da hipertensão e da diabetes, deixando esses quadros ainda mais severos.

Como cultivar uma saúde bucal adequada?

É possível evitar todas essas situações apenas com alguns ajustes nos hábitos diários. Entre os principais pontos estão:

Invista no acompanhamento odontológico

O aumento da frequência de consultas com o dentista pode ser um bom começo para a identificação dos problemas mais urgentes que precisam ser consertados. 

Assim, investir em um bom convenio odontologico pode ajudar nos custos e na acessibilidade.  

Atenção à higienização

A regularidade e a excelência da escovação é de extrema importância para evitar a ação bacteriana. 

Por isso, é preciso escovar os dentes ao menos três vezes ao dia e utilizar o fio dental logo em seguida.

Se for possível, o uso de um enxaguante bucal pode ser um bom complemento para a remoção das bactérias mais resistentes.

Alimentação

Atente-se à alimentação. Diminuir o consumo de doces e os demais alimentos açucarados, frituras e industrializados, são boas maneiras de preservar a integridade dos dentes, uma vez que isso reduzirá a fermentação dos microrganismos bucais.

Além disso, o consumo de frutas, verduras e legumes auxilia na limpeza dos dentes e ajuda a fortalecê-los.

Elimine os costumes prejudiciais

Maus hábitos como fumar e consumir bebidas alcoólicas, além de causar diversos problemas em todo o corpo, pode causar a deterioração dos dentes, o aumento da probabilidade de câncer de boca, halitose e a perda dos dentes.

Por isso, largar esse costume pode melhorar a saúde bucal e também a resistência de todo o corpo.

Por que ter um plano odontológico?

Desfrutar dos benefícios de um convenio odontologico empresarial pode ser essencial para conservar a integridade dos dentes e da saúde de todo o corpo.

Enquanto a higiene bucal individual é completamente necessária para o controle regular das bactérias da boca, ela sozinha não é o suficiente para interromper a formação de placas bacterianas e o tártaro.

Por isso, é recomendável que os pacientes saudáveis passem por consultas de rotina com um dentista a cada seis meses.

Essas visitas são necessárias para a limpeza aprofundada e a remoção dessas sujeiras mais difíceis.

Já no caso de pacientes que possuam doenças sistêmicas, como a diabetes e a hipertensão, essa constância precisa ser ainda maior. 

Isso porque esse é um momento excelente para o profissional avaliar a saúde bucal e identificar problemas nos dentes, logo no início.

O investimento no serviço odonto empresarial pode, ainda, beneficiar os negócios ao garantir o bem-estar dos colaboradores. 

Com a disponibilidade das consultas odontológicas regulares, nota-se a diminuição de atrasos e evasões por motivos de saúde. Existe o aumento da concentração, da produtividade e até do rendimento dos funcionários.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.